Viagem a negócios: saiba como buscar pelas melhores tarifas e taxas de câmbio

O dólar chegou ao seu maior valor em muitos anos, a cotação bateu números que chegavam a quase 4 reais no ano de 2016, e continua sendo uma moeda que oscila muito de valor, ainda mais com uma economia instável e incerta pela qual o país está passando nos últimos tempos.

Viagem a negócios: muitas vezes acompanhada da pressa!

Isso pode ser um grande problema para pessoas que precisam realizar viagem a negócio muitas vezes de última hora, fazendo com que a pesquisa e a troca de moeda precise ser feita com muita rapidez, sem contar que se torna apenas uma das preocupações entre tantas outras que uma viagem internacional acarreta.

Algumas ferramentas podem ajudar pessoas nessa situação a encontrar ranking de taxas atualizadas em tempo real de diversas casas de câmbio que trocam moeda brasileira por moeda americana.

Confira 3 dicas para não sofrer com o câmbio em viagens de última hora

1. Confira o ranking divulgado mensalmente pelo Banco central: a lista é divulgada nesse link e funciona mostrando quanto os bancos e as casas de câmbio cobraram pelo dólar no mês. O valor inclui taxa de câmbio, todas as tarifas e o IOF também, entregando um valor real e cheio. Essa lista é uma boa referência para ficar mais fácil enxergar onde é mais barato comprar dólar em um comparativo com outros locais e outros meses.

2. Utilize sites que atualizam os valores em tempo real: existem diversos sites que mostram qual casa de câmbio tem a cotação mais barata, atualizando as taxas constantemente para mostrar um valor no tempo mais real possível. Nesse caso é possível pesquisar moedas além do dólar, como o euro, a libra e até pesos argentinos.

3. Tente monitorar preços e ofertas: quanto mais tempo você tem para viajar mais fácil de monitorar valores e ofertas, porém com viagens de última hora isso também pode ser feito. Mesmo que seja por um menor espaço de tempo as casas de câmbio seguem algumas tendências como aumentar o valor em finais de semana, fique atento a isso para conseguir economizar.

Entre em contato conosco para saber mais sobre o assunto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *